A APATIA DO MEIO CAMPO DO CORUMBAENSE É ALGO IMPRESSIONANTE.

  • 25/02/2019
  • 0 Comentário(s)

A APATIA DO MEIO CAMPO DO CORUMBAENSE É ALGO IMPRESSIONANTE.

A partida disputada no último sábado entre Corumbaense x SERC, teve os seus contornos de APATIA na criação de jogadas concisas que pudesse resultar na construção de uma robusta vitória do Corumbaense, oportunidade não faltou para que isso acontecesse, mesmo com a letargia na criação de jogadas, alguns espasmo de organização tática surgiram, aonde apareceu o Goleiro Renan da SERC, que salvou literalmente o seu Clube, porém a palavra de ordem na SERC , deveria ser “jogar por uma bola”, o que veio a ocorrer aos 45do segundo tempo, fazendo a torcida ficar angustiada, com o acréscimo de 5 minutos concedidos pelo Péssimo Árbitro da partida, as 50 minutos, no apagar das luzes, Kleber consegue empatar e fazer com que o alvi negro permaneça em 3º. Lugar na classificação geral da Competição.

Na análise em relação ao Corumbaense, o meio-campo não esta funcionando, Juninho Aguiar não está rendendo aquilo que se espera dele e tem potencial para isso, mas está se recuperando de uma lesão e deve sentir algum incomodo, por isso está meio travado na criação das jogadas ofensivas, os dois outros homens do meio Campo, são mais de contenção, Lika e Victor, que na eminencia da articulação do Juninho, abandonam as suas posições para tentar ligar os homens da frente, o que abre um espaço enorme para que o adversário joguem com tranquilidade, tendo um maior volume de jogo naquele setor, o que acaba sobre carregando o sistema defensivo do Corumbaense, que aliás, é o único setor com a dupla de zaga Vinicius e Kleber, estiveram muito bem na partida.
Adilson – Vem se destacando e firmando-se como titular absoluto, mas passou por um lapso de irresponsabilidade, quando tomou o gol e em um escanteio a favor do corumbaense foi tentar ser o herói da partida, indo para a área adversária.
Wander – Joga o simples, tem procurado apoiar pela ala direita, mas falta-lhe velocidade quando tentar fazer isso, na marcação, em alguns lances, ficou envolvido nas triangulações da SERC pelo seu setor.
Vinicius – Ótimo, joga simples e não tem vergonha de chutar a bola para aonde aponta o nariz, fez desarmes precisos, e quando pode ir ao ataque, não pensou duas vezes.
Kleber – O destaque Positivo do sistema defensivo do Corumbaense, jogou muito, mesmo esgotado fisicamente, conseguiu marcar o gol de empate.
Digão – no mesmo nível de Wander, as vezes é muito burocrático na hora de apoiar, na marcação peca em diminuir os espaços.
Victor – na contenção marca bem, tenta criar, é um desastre, pois não consegue dar qualidade no passe.
Lika – Da mesma Forma, arisca esperar o rebote, pois tem um chute forte.
Juninho – Abaixo da sua média, não marca, não cria as jogadas que se espera dele, creio que ainda sente a contusão que o deixou fora de alguns jogos, esta faltando confiança para chamar a responsabilidade para ele.
Franklin – Não está merecendo ser titular, faz uma fumaça, mas não está sendo eficiente em relação a criação da jogada, pode até dar um desconto, pois é um atacante que joga mais enfiado, como essa bola não tem chegado com qualidade, fica difícil.
Romarinho – Jogador Prata da Casa, esta merecendo ser titular, só que precisa ser mais objetivo na definição da jogada, ou chuta a bola ou passa para quem estiver melhor colocado.
Aleksandro – Jogador rápido que precisa receber o passe para poder ir para cima do seu marcador, deu trabalho para a defesa da SERC.
Pato – Entrou muito tarde na partida, tem potencial para ser titular, fez uma jogada de craque, por pouco não marcou mais uma vez no campeonato.
Jairo – Não tem vaga nesse time, ou o Técnico Zé Humberto seja mais corajoso, Já que joga em um 4-3-3, efetivar no ataque Romarinho, Pato e Aleksandro, pois Jairo literalmente não tem condições de ser titular.

A questão é que o Corumbaense não sabe sair jogando, o Adilson rifa a bola e os atacantes tem que brigar de costas com os seus marcadores, sendo que essa bola deveria em tese ser trabalhada pelo meio campo, fazendo essa ligação com alternâncias táticas de posicionamento dos atacantes para poder envolver a defesa adversária, é público e notório que uma equipes que chega tocando a bola e evoluindo entre o meio campo e o ataque, não tem sistema defensivo que barre essas infiltrações, agora, fazer um esforço físico para chegar na linha de fundo, teria que ter um ótimo cabeceador, coisa que não tem, além que essa bola rifada, propicia aos zagueiros levar vantagens sobre os atacantes. Vamos esperar que o técnico pense e repense no trio Pato, Romarinho e Aleksandro, creio que mais leve e versátil ficará o ataque do corumbaense, agora o meio campo tem que funcionar, entrando em um 4-3-3, alternando para um 4-4-2, com o Alecksandro voltando para marcar, sem bem que Romarinho também faz isso e muito bem.

A SERC NÃO É UMA EQUIPE BOBA.
Soube explorar as deficiências do Corumbaense no meio campo, explorou muito bem as extremas, mas encontrou uma dupla de zaga que jogou com muita personalidade, pararam em Vinicius e Kleber, o Gol que a SERC fez aos 45 do segundo tempo, foi exatamente “Jogar por uma bola”, essa encaixou depois do Wander ser envolvido pelos habilidosos atletas do meio campo da SERC, a qual destaco o Kanu, atleta diferenciado que tomou conta do seu espaço, depois o zagueiro Ramon e a estrela da noite, O Goleiro Renan que fechou o gol e jogou a chave no rio Paraguai, o empate do corumbaense foi meramente um acidente de percurso ou o ponto fraco de todos os goleiros que é a bola rasteira.

Arbitragem Ruim.
NEURI ANTÔNIO PRYZBULINSKI (FFMS 1)
A1: LEANDRO DOS SANTOS RUBERDO (CBF)
A2: MOACIR DA SILVA SOARES (FFMS 1)
Neuri deixou de marcar um pênalti claro a favor do Corumbaense, assim como o Assistente 2, mal colocado, não observou que o Renan tirou uma bola de dentro do gol, isso por trabalhar na diagonal, um vício da arbitragem de mato grosso do sul.
Embora todos esses fatores, o Corumbaense sabe que joga contra o Adversário e + Um, sendo que a arbitragem não sente a pressão da torcida e a segurança é sempre precisa para evitar qualquer problema.

0 Comentários


Deixe seu comentário


Aplicativos


Locutor no Ar

AutoDJ

Piloto Automático

Peça Sua Música

Nome:
E-mail:
Seu Pedido:


Top 5

top1
1. Anderson Freire

Raridade

top2
2. Bruna Karla

Advogado Fiel

top3
3. Aline Barros

Casa do pai

top4
4. Anderson Freire

Acalma o meu coração

top5
5. Aline Barros

Ressuscita-me

Anunciantes